Nada mais importa


Olho no relógio. Há muito tempo o combinado já passou. A angústia toma conta da situação. Expectativa torna-se frustração e é inevitável pensar em abandono. Ao redor, o mundo todo sabe da humilhação, como se um giroscópio estivesse aceso sobre minha cabeça. Menosprezo pode ser uma boa classificação. Tudo o que foi escrito, dito, jurado, tudo foi mentira. Na porta do cinema, na mesa do restaurante, no café da esquina, onde for, a cena é a mesma: solidão, relógio, ausência, vergonha, raiva-ira-ódio, #sumadinhavida! Ponto. Volta tudo! Nada mais importa. Ela chegou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s